Imagem capa - O dia que a Nina Castro nasceu! por Nina Castro
Parto

O dia que a Nina Castro nasceu!

Quando comecei a procurar partos para fotografar, por mais que eu tenha estudado muito, eu não tinha imaginado o turbilhão de emoções e mudança de vida e percepção que isso poderia me trazer.

A Isa foi a primeira gestante a entrar em contato comigo, dizendo que ela estava planejando um parto domiciliar. Começamos a conversar e a empatia foi instantânea... e pra caprichar ainda mais, o nome da bebê já estava decidido há tempos, Nina Castro Diamant. Que linda coincidência!

Estava na ansiedade pro dia que ela fosse nascer, afinal, qual seria a chance de eu presenciar e fotografar uma Nina Castro nascendo?

Foi na sexta-feira santa que ela resolveu vir conhecer essa galera ansiosa aqui fora!

Uma equipe cheia de amor estava lá para ajudar a Isa, o Du, a Nina e a Manu a passarem por esse momento incrivelmente transformador.

Foi uma média de 10 horas em trabalho de parto, e quando ela resolveu sair, foi uma fração de segundos.

Esses meus primeiros passos, nessa minha nova jornada como fotógrafa de partos, têm sido transformadores  pra mim como mulher. Eu vi a força, determinação e garra que nós temos. Eu vi do que nós somos capazes.

Além disso, vi a importância de ter informação, afinal informação é poder. Pude ver o papel imprescindível das doulas, e como é essencial ter profissionais qualificados por perto, como a Luzia e a Dani (enfermeiras obstétricas).

Eu não lembro quem foi a primeira pessoa que me disse que presenciar partos é viciante, mas sei que essa pessoa está coberta de razão. Estou viciada nessa jornada maluca, por vezes cansativa, mas transformadora que é ver um outro ser humano estrear nesse mundo.

Bem vinda Nina Castro Diamant!